Prêmio é reconhecimento a todos os que combatem a corrupção, diz Moro

Resultado de imagem para moro premiado em ny

Pedro Parente foi cumprimentar Moro e Rosângela

Henrique Gomes Batista
O Globo

Na primeira vez que um juiz recebe o prêmio de “personalidade do ano” da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, o juiz Sergio Moro, responsável pela Lava-Jato na 13ª Vara federal de Curitiba, afirmou que a operação é uma prova do vigor da democracia. Em um discurso de 19 minutos no Museu da História Natural de Nova York, Moro afirmou que sua premiação legitima a luta contra a corrupção no Brasil:

— Este prêmio também significa que o setor privado no Brasil e nos Estados Unidos apoia o movimento anticorrupção brasileiro e isso faz grande diferença — disse Moro, que foi ovacionado várias vezes e, quando subia ao palco, ouviu de ao menos um entre os mil presentes no jantar de Gala o grito de “Moro presidente!”.

RECONHECIMENTO – Moro disse ainda que aceitou a premiação por ser um reconhecimento de todos que trabalham contra a corrupção no Brasil, como outros juízes, promotores e policiais. Ele disse que, ao contrário do que parece, saber e enfrentar todos estes casos não significa um motivo de vergonha, mas de força da democracia brasileira.

— A democracia não está em risco no Brasil. Há riscos de retrocesso, mas não acredito que eles ocorrerão. Os Estados Unidos podem apostar no Brasil como nós apostamos — disse.

A 48ª Premiação da Câmara de Comércio também homenageou o empresário e ex-prefeito nova-iorquino Michael Bloomberg, que recebeu seu prêmio mais cedo e não ficou para ouvir o juiz. Moro disse que com este combate à corrupção mais investimentos podem ir ao Brasil e disse que o país está no “caminho correto”.

EM PORTUGUÊS – No fim de sua fala, desta vez em português, Moro enviou uma “mensagem aos companheiros brasileiros”, dizendo que o país vive 30 anos de democracia e liberdade, com dois impeachment e um ex-presidente preso, mas sem “risco de ruptura”. Ele disse que o país já conquistou muito, como o fim da hiperinflação e criou políticas sociais que diminuíram a pobreza e a desigualdade:

— Há muito a ser feito: continuar as reformas, consolidar a democracia, retomar o desenvolvimento, melhorar a qualidade dos servido públicos de segurança, educação e saúde e enfrentar a pobreza e a desigualdade. Tudo isso só é possível sem a impunidade da grande corrupção – disse ele.

HERÓI NACIONAL – Moro foi apresentado na premiação pelo vencedor do ano anterior: João Doria, ex-prefeito e pré-candidato tucano ao governo de São Paulo. O político apresentou Moro como um “herói nacional”, pediu “salvas de palmas de todos em pé” e disse que este é o “Brasil dos homens de bem”, criticando os que protestaram contra Moro no lado de fora do museu.

O público presente, formado por empresários, advogados, autoridades (o ministro Carlos Marun, da secretaria de governo de Michael Temer, por exemplo) e alguns acadêmicos dos dois países – cada um pagando ao menos US$ 1.200 por uma cadeira ou receberam esta possibilidade dos patrocinadores do evento – reagiu com euforia à premiação de Moro: além das palmas, muitos gravaram todo o discurso do juiz.

BEM DIFERENTE – O próprio evento estava diferente, segundo pessoas que participam da cerimônia há anos: a cerimônia começou pela primeira vez com a execução dos hinos dos dois países e o presidente da Câmara, Alexandre Bettamio, chegou a dizer em seu discurso frases típicas de Trump, ao defender que todos trabalhem para colocar “o Brasil em primeiro lugar”.

Nesta quinta-feira, Moro participa também em Nova York de um evento do Lide – empresa de João Doria – sobre investimentos no Brasil. Ele falará sobre a segurança jurídica no país e será sucedido em uma palestra por Marun.

11 thoughts on “Prêmio é reconhecimento a todos os que combatem a corrupção, diz Moro

    • Também acho, já foi muito pior, mas ainda é uma vergonha,vide o beiçola,rsrs.
      O Baluf tem uma fortuna lá fora e era procurado pela interpol, não sei se ainda é,sabe me dizer?
      Estes dois que vc citou são ratazanas velhas e gordas, tem queijo para dar e vender…

  1. Piolhos, carrapatos, pulgas e ratos, estão juntos aos seus….os vermes imundos que detonaram o Rio e o Brasil.Que morram !!

    • Nossa, é a capital mais fria do país, para mim é a pior cidade do Brasil, sem comentários, mas o frio deixa prá lá, ele já ganhou um frigobar, deve estar cheio de cana etc….Quando chegar julho duvido que aguente, mata rápido.

Deixe uma resposta para Lossian Barbosa Bacelar Miranda Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *