PT entrou com uma ação na Justiça e PDT vai pedir anulação das eleições

Resultado de imagem para fake news charges

Charge do André (Diário de Sorocaba)

Deu em O Globo

A denúncia de que empresas que apoiam Jair Bolsonaro (PSL) compraram supostos pacotes de fake news contra o PT para serem divulgados pelo WhatsApp com dinheiro de Caixa 2, revelada nesta quinta-feira em uma reportagem do jornal ‘Folha de S. Paulo’, provocou uma verdadeira guerra entre os candidatos à Presidência da República. Bolsonaro chamou a ação, que foi negada pelos empresários, de “apoio voluntário”, e disse que “não tem necessidade disso” em sua campanha. Gustavo Bebianno, presidente do PSL, argumentou que é “impossível controlar as redes”.

Do outro lado, Fernando Haddad defendeu a prisão dos envolvidos e a delação premiada, enquanto o PT entrou na Justiça para pedir uma investigação .

DIZ HADDAD – “Basta prender um empresário que ele vai fazer delação premiada e entregar a quadrilha toda. Se prender um, em menos de dez dias vamos ter a lista de todos os empresários que estão financiando o caixa 2 para essa campanha difamatória”, escreveu Haddad em sua conta de twitter, e acrescentou que a democracia está em risco.

Mais cedo, o candidato do PT acusou o seu adversário de ter criado uma organização criminosa para distribuir mensagens falsas de WhatsApp contra o PT.  Disse, ainda, que recebeu informações de que Bolsonaro pediu, em jantares, para empresários darem esse tipo de apoio irregular à sua campanha.

Após  evento em que recebeu o apoio de juristas , Haddad voltou a acusar o capitão reformado de pedir para empresas darem esse tipo de apoio à sua candidatura.

INDÍCIOS – Vamos levar ao conhecimento da Justiça todos os indícios, alguns que estão nos chegando agora de reuniões em que ele (Bolsonaro), de viva voz, pediu o apoio via Whatspapp. Ele próprio, em jantares com empresários, fez o pedido para que a doação fosse feita dessa maneira, de forma ilegal – afirmou o candidato, depois de participar de um ato com juristas em São Paulo.

Já Bolsonaro, em transmissão ao vivo no seu Facebook na noite desta quinta-feira, disse que “não precisa de fake news para combater o Haddad” e negou ter feito qualquer pedido a empresários para disseminar notícias falsas.

– Não temos necessidade disso. Não fiz jantar nem almoço com ninguém – disse Bolsonaro, que ainda fez uma piada com as acusações de que a suposta compra de pacotes de fake news configuraria caixa dois.

NO CAIXA 2… – “Desde que voltei para casa, dei apenas cinco saídas: uma para ir ao Bope, uma para ir à Polícia Federal, uma para visitar (o arcebispo do Rio) Dom Orani e duas vezes fui ao banco. Uma vez fui no caixa 2 do banco, por coincidência era o caixa 2 (risos)” – disse o presidenciável.

Mais cedo, em publicações no seu Twitter, Bolsonaro usou a expressão “apoio voluntário” para classificar a ação de seus apoiadores nas redes sociais, e cutucou Haddad:

“Apoio voluntário é algo que o PT desconhece e não aceita. Sempre fizeram política comprando consciências”.

SEM CONTROLE – Em entrevista convocada no fim da tarde, o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, afirmou que considera “impossível controlar” o uso que apoiadores do presidenciável fazem das redes sociais, mas negou que a campanha faça pagamentos ou tenha pedido a empresários para empregar recursos na disseminação de conteúdo contra o PT via WhatsApp.

“Nem o PSL nem a campanha do candidato Jair Bolsonaro e muito menos o candidato Jair Bolsonaro se prestam a esse tipo de papel. Toda e qualquer doação feita até hoje, fosse para o PSL ou para a campanha do candidato, são recursos doados via nossa plataforma, de acordo com a legislação” — afirmou Bebianno, ponderando:

“Óbvio que existe sempre a possibilidade de apoiadores de um lado e de outro lançarem mão de suas redes sociais para se manifestar. Impossível você controlar. Como vai controlar o uso que as pessoas fazem de suas redes sociais? Simplesmente o PSL não tem absolutamente nada a temer, e a campanha também não. O senhor (Fernando) Haddad que prove o que está dizendo.

NA JUSTIÇA – A campanha do candidato do PT à Presidência protocolou nesta quinta-feira uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que a Corte abra uma investigação com o objetivo de apurar possíveis crimes eleitorais cometidos pela candidatura de seu adversário. No documento, o PT diz que a campanha de Bolsonaro cometeu “abuso de poder econômico” e “uso indevido de comunicação digital”. O pedido é baseado em denúncia publicada pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Mais cedo, o PDT anunciou que irá pedir a nulidade das eleições presidenciais de 2018 por conta da denúncia publicada no jornal “Folha de S.Paulo” nesta quinta-feira . O presidente do PDT, Carlos Lupi , está reunido com outros integrantes do partido para definir o formato dessa ação. Ele pondera que as fake news têm se transformado no grande problema desta eleição.

WHATSAPP DIZ CONTROLAR – Em nota, o WhtasApp informou que vai investigar a denúncia de divulgação  sistematizada de fake news por empresas e informou que já ter banido centenas de milhares de contas durante o período das eleições brasileiras.

“Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal ou automatizado, para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação” – explicou.

42 thoughts on “PT entrou com uma ação na Justiça e PDT vai pedir anulação das eleições

    • Muamar Kadafi, o ex-ditador que doou para a campanha petralha com provas robustas fornecidas por Antonio Palocci.

      Dever-se-ia escrever um artigo sobre a obrigatoriedade da justiça em cassar o Partido dos Trambiques imediatamente !!!

    • Mais uma vez o PT eo PDT. O segundo já derrotado, e o primeiro quase, o povo tomou ogeriza a certos partidos e certos políticos, derrotados pelos próprios modelos de governo que criaram, o PT implodiu com tanta corrupção em seus governos e o PDT, deixou de existir após a morte de Leonel Brizola. Vão exercer o JUS ESPERNIANDI.

    • Atenção, PF, após a vitória do Bolsonaro o Dirceu deve fugir para Cuba. Preste atenção em mulher pisando de lado, com beiço lambuzado, e com perna cabeluda.
      É assim que petista foge da luta: fantasiados de mulher!

  1. O desespero bateu a porta do PT. São milhares de ocupantes de cargos públicos que nunca fizeram nada além de gastar o dinheiro do contribuinte. E, os bandidos, tipo José Dirceu, sabem que voltam para a cadeia. O processo não tem mais volta.

    • Alex, você teve algum problema quando criança? Essa sua fixação intensa e contínua em defesa de um partido porco, corrupto e assassino, só tem explição se a ligarmos ao campo psiquiátrico. Vamos, se abre, confesse, faz bem, diga: sim, houve, diga sem receio de nada, externe o seu mal.

      • Tosen Sacs, o Alex Cardoso faz parte do time do José Dirceu. É paga para postar notícias falsas na internet independentemente do conteúdo. Pessoas como ele, são as maiores responsáveis pelo crime organizado, pelo desperdício do dinheiro público, e pela morte das pessoas pela falta de atendimento médico e ambulatorial. Mas, o dinheiro que ele recebe não vem do bolso do José Dirceu e sim do dinheiro que foi roubado do contribuinte brasileiro. O Alex Cardoso é o que existe de pior no Brasil.

  2. Eu não daria importância ao jogo petista de ingressar em Juízo contra o resultado do primeiro turno dessa eleição, por saber que essa gentalha é capaz dos atos mais sórdidos e ilícitos possíveis.

    Surpreende-me o PDT, que quer porque quer se sujar com o PT, fazer parte da organização criminosa, ser aliado de uma quadrilha de ladrões e exploradores do povo!

    O PDT contestar Bolsonaro judicialmente é o atestado absoluto de Lupi e sua incompetência, a sua falta de visão, a sua falha em não saber ler e identificar o momento político, então a diminuição do partido em membros e eleitores!

    Que o PDT se aliasse até mesmo ao PCdoB, menos ao PT, reconhecidamente o culpado por esta crise sem precedentes que ora estamos padecendo!

    Não entendo, sinceramente, esse amor que o presidente do PDT nutre pelo PT.

    Será que o Lupi imagina que essa atitude fortalecerá o seu partido?
    Que conseguirá anular a eleição?
    Que tal objetivo precisa de provas tão absurdamente verdadeiras e insofismáveis que simplesmente não existem?

    No entanto, o PDT cada vez mais será reconhecido como pequeno, de ser levado nas costas pelo PT, uma agremiação de criminosos, desonesta, corrupta e ladra!

    Brizola deve estar clamando ao responsável pela reencarnação para voltar à Terra o quanto antes!
    Deve estar se revirando no túmulo em alta rotação pela decepção do que está sendo feito com o seu partido, a sua vida política, que lhe possibilitou ser governador do Rio duplamente, o PDT!

    Logo associar-se ao sapo barbudo?!
    Lupi tá doido!

    • Este amor quase tragédia
      Que me fez um grande mal
      Felizmente esta comédia
      Vai chegando ao seu final

      Já paguei todos pecados meus
      O meu pranto já caiu demais
      Só lhe peço pelo amor de Deus
      Deixe-me viver em paz
      ===============
      Viu, PT de Haddad e PDT da pqp, vão para o inferno, nos deixem viver decentemente. Chega!

  3. Só para lembrar, não tem muito tempo o TSE se contornou todo para manter a chapa PT e PMDB dentro da lisura. Isso com uma enorme quantidades de provas.

    • Não foi o TSE, Alex-RJ, lembra? Foi o maldoso gilmarmendes. Foi pra fazer o amigo dele, o cleptovampiro, viver o sonho de encerrar a carreira política como presidente da República.Jamais devemos perdoá-lo por isso. Além, naturalmente, de detestá-lo por soltar amigos, compadres e patrocinadores corruptos, presos por juízes vocacionados e que levam a sério o combate à corrupção.,

  4. A campanha do Bolsonaro deve reagir com firmeza a estas calúnias. Primeiro, processando toda a escoria; depois, cobrando publicamente do MPE a cassação do registro do PT, com base nos depoimentos de Duda Mendonça, Mônica Moura e Palocci, que revelaram pagamentos no exterior e abertura de contas secretas pela quadrilha petista, atos expressamente proibidos. Até onde vai a conivência do MP com estas ilicitude?

  5. Tem gente nesses comentários que vai gastar sua “diarreia cerebral” com os seu “wow..wow..wow…” depois da próxima semana e seu computador vai ser devolvido ao Serviço Público, já detectado, vamos rir bem na sua frente !!!! wow.wow.wow….

  6. O PT falar em caixa 2 como já foi dito é piada. O PT falar em organização criminosa idem. Justo eles, os criadores da ” OCRIM ”
    Não voto no Bolsonaro, mas essa foi de doer… de rir

  7. O PT falar em caixa 2 como já foi dito é piada. O PT falar em organização criminosa idem. Justo eles, os criadores da ” OCRIM ”
    Não voto no Bolsonaro, mas essa foi de doer… de rir

  8. Esse artigo de O Globo tenta requentar a denúncia sem provas feita pela Folha, ontem.

    Os petistas, aliados e apaniguados estão desesperados com o apoio contínuo e crescente dos eleitores a Bolsonaro.

    O PDT é serviçal da quadrilha lulopetista e portanto não perderia a oportunidade de entrar de sola nessa história furada.

  9. -É o que eu sempre digo:
    A Folha defende bandido em São Paulo.
    O Globo defende bandido no Rio.
    E o STF defende bandido em Brasília.

    Mas até aí, nada de novo. Sempre fomos governados por LADRÕES mesmo!

  10. O estilo de “investigação” preconizado por Haddad era chamado pelos petistas e seus lacaios de arbitrariedade e abuso de poder, até bem pouco tempo atrás. Aquele falso herói dos petistas, o Tacla Durán, não acusava a Lava Jato de extorquir delações premiadas?

    Se o PDT tem alguma ilusão de que embarcando nessa aventura judicial para embolar a eleição irá se beneficiar do voto antipetista e eleger Ciro, pode esquecer. Os eleitores antipetistas irão se lembrar de suas contínuas loas ao PT e seus ataques à Lava Jato, e votar nulo. Uma eleição forçada entre Haddad e Ciro será recordista de votos nulos, brancos e abstenções. E a máquina de moer reputações do PT triturá Ciro com deleite sádico. O futuro “Ogro de Sobral” (ou Pindamonhangaba, tanto faz) receberá o mesmo tratamento que foi dado a Bolsonaro, Aécio, Serra, Marina, Alckmin, Eduardo Campos e qualquer um que remotamente ameace a eternização do PT no poder.

    • Ninguém tem a ousadia de tirar Bolsonaro da disputa agora. Com o exército apoiando já seria difícil, imagine com ele contra.
      Nas periferias, ao contrário do que dizem os especialistas, Bolsonaro reina. É só ver o mapa da votação no 1º turno. Na cidade do Rio, por exemplo, só na zona sul ele não teve maioria absoluta. Portanto o objetivo do PT com esta palhaçada ridícula é continuar berrando no exterior de que não perdeu, mas foi górpi. Fazer igual a Hilary faz até hoje com Trump. Só que lá a vitória foi por pequena margem. Aqui será por mais de 60%. e em dois turnos. Inapelável!

  11. Fica a dica pro Carlos Newton publicar aqui na Tribuna da Internet:

    https://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,desespero,70002553816?from=whatsapp

    Desespero petista

    O Estado de S.Paulo

    19 Outubro 2018 | 03h00

    Consciente de que será muito difícil reverter a vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela Presidência da República, o PT decidiu partir para seu “plano B”: fazer campanha para deslegitimar a eventual vitória do oponente, qualificando-a como fraudulenta. É uma especialidade lulopetista.

    A ofensiva da tigrada está assentada na acusação segundo a qual a candidatura de Bolsonaro está sendo impulsionada nas redes sociais por organizações que atuam no “subterrâneo da internet”, segundo denúncia feita anteontem na tribuna do Senado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, que lançou o seu J’accuse de fancaria.

    “Eu acuso o senhor (Bolsonaro) de patrocinar fraude nas eleições brasileiras. O senhor é responsável por fraudar esse processo eleitoral manipulando e produzindo mentiras veiculadas no submundo da internet através de esquemas de WhatsApp pagos de fora deste país”, afirmou Gleisi, que acrescentou: “O senhor está recebendo recursos ilegais, patrocínio estrangeiro ilegal, e terá que responder por isso. (…) Quer ser presidente do Brasil através desse tipo de prática, senhor deputado Jair Bolsonaro?”

    Como tudo o que vem do PT, nada disso é casual. A narrativa da “fraude eleitoral” se junta ao esforço petista para que o partido se apresente ao eleitorado – e, mais do que isso, à História – como o único que defendeu a democracia e resistiu à escalada autoritária supostamente representada pela possível eleição de Bolsonaro.

    Esse “plano B” foi lançado a partir do momento em que ficou claro que a patranha lulopetista da tal “frente democrática” contra Bolsonaro não enganou ninguém. Afinal, como é que uma frente política pode ser democrática tendo à testa o PT, partido que pretendia eternizar-se no poder por meio da corrupção e da demagogia? Como é que os petistas imaginavam ser possível atrair apoio de outros partidos uma vez que o PT jamais aceitou alianças nas quais Lula da Silva não ditasse os termos, submetendo os parceiros às pretensões hegemônicas do demiurgo que hoje cumpre pena em Curitiba por corrupção?

    Assim, a própria ideia de formação de uma “frente democrática” é, em si, uma farsa lulopetista, destinada a dar ao partido a imagem de vanguarda da luta pela liberdade contra a “ditadura” – nada mais, nada menos – de Jair Bolsonaro. Tudo isso para tentar fazer os eleitores esquecerem que o PT foi o principal responsável pela brutal crise política, econômica e moral que o País ora atravessa – e da qual, nunca é demais dizer, a candidatura Bolsonaro é um dos frutos. Como os eleitores não esqueceram, conforme atestam as pesquisas de intenção de voto que expressam o profundo antipetismo por trás do apoio a Bolsonaro, o PT deflagrou as denúncias de fraude contra o adversário.

    O preposto de Lula da Silva na campanha, o candidato Fernando Haddad, chegou até mesmo a mencionar a hipótese de “impugnação” da chapa de Bolsonaro por, segundo ele, promover “essa campanha de difamação tentando fraudar a eleição”.

    Mais uma vez, o PT pretende manter o País refém de suas manobras ao lançar dúvidas sobre o processo eleitoral, assim como já havia feito quando testou os limites legais e a paciência do eleitorado ao sustentar a candidatura de Lula da Silva. É bom lembrar que, até bem pouco tempo atrás, o partido denunciava, inclusive no exterior, que “eleição sem Lula é fraude”.

    Tudo isso reafirma, como se ainda fosse necessário, a natureza profundamente autoritária de um partido que não admite oposição, pois se julga dono da verdade e exclusivo intérprete das demandas populares. O clima eleitoral já não é dos melhores, e o PT ainda quer aprofundar essa atmosfera de rancor e medo ao lançar dúvidas sobre a lisura do pleito e da possível vitória de seu oponente.

    Nenhuma surpresa: afinal, o PT sempre se fortaleceu na discórdia, sem jamais reconhecer a legitimidade dos oponentes – prepotência que se manifesta agora na presunção de que milhões de eleitores incautos só votaram no adversário do PT porque, ora vejam, foram manipulados fraudulentamente pelo “subterrâneo da internet”.

    Editorial Estadão.

  12. Triste fim de um partido que começou pregando contra a corrupção, as injustiças, os roubos, a insegurança, o desemprego e acabou fazendo tudo isso.

    Hélio Bicudo, entre um de seus fundadores foi dos primeiros a abandonar a quadrilha em que se transformou o partido.

    Agora, essa piada de querer a todo custo não largar o osso.

  13. O mais hilário ou divertido, ridículo e idiota, é o PT ingressar em Juízo contra Bolsonaro alegando … poder econômico do concorrente!!!!

    Nunca ri tanto na minha vida!

    Esqueceram de dizer à Justiça, que o dinheiro gasto na campanha de Bolsonaro é honesto, enquanto a fortuna do PT é roubada!!!

  14. Vão ter que provar que Bolsonaro está diretamente envolvido. Controlar que uma empresa faz ou deixa de fazer na rede é impossível para qualquer candidato. Ligar o que estas empresas tenham gasto, a caixa dois de campanha é no mínimo, medida desesperada do PT. No máximo, responderão a mais um processo judicial. Seu candidato já acumula mais de cem, só em São Paulo. Cabe apenas saber para que país estão jogando, os petistas e seus eleitores.

  15. Agora que o Bolsonaro vai chegar a 70% dos votos válidos. Quanto mais os ladrões esperneiam mais o cidadão tem certeza de que o Bolsonaro é o candidato certo.

  16. Por diversas vezes já falaram que petistas não têm cérebro. Acho que isto é veradade. Há muito tempo assisti um filme: Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado. Mudando este título para os petralhas: Eu sei o Que Vocês Fizeram nas Eleições Passadas.

    Estes caras aptos e rápidos em fazerem dossiês fajutos. Na eleição da presidanta em 2014 usaram e abusaram do facebook com mensagens de auto-elogio e críticas aos opositores, isto tudo pode ser lido esta reportagem da BBC Brasil.

    https://www.bbc.com/portuguese/brasil-43118825

    Este partido tem que ser extinto.

  17. Vamos indacar o a Haddad para o prêmio Nobel de Física, afinal o PT descobriu que as mensagens que serão disparada na semana que vem, influenciaram a votação do dia 7, conforme denúncia da Folha. Isto é uma prova que dá para viajar no tempo, nem o físico Halkings acreditiva nisto. Agora PT está provando que a equipe do Bolsonaro pode fazer um ato no futuro que afeta o passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *