Quem vai escolher o próximo presidente do Brasil chama-se “Business”…

Imagem relacionada

Charge sem assinatura (Arquivo Google)

André Cardoso

Civilidade, aqui no Reino Unido tem de sobra, a maioria é educada, o motorista de ônibus nunca põe o veiculo em marcha até que os velhinhos estejam sentados e seguros; os bons modos são a lei, ninguém altera o tom de voz, fala-se baixinho em público, e duas simples palavras – Please e Thanks – abrem todas as portas. Êta, povo esperto, cara! É tudo “Business”! O nome de toda a criminalidade, toda tortura do mundo, é na verdade “Business” e os britânicos o praticam como ninguém! Não é a toa que os bandidos chamam a margem do lago de Itaipu na fronteira Brasil-Paraguai de “Britânia”…

A ‘civilização’ começou exatamente como Stanley Kubrick mostra na cena dos macacos em ‘2001’; ela não tem sido o agrupamento de indivíduos, mas o ‘pegar na ferramenta’… Uma frase do Kubrick diz tudo: “As grandes nações sempre agiram como gângsteres e as pequenas nações como prostitutas.”

E OS MISERÁVEIS? – Agora, imagine se usássemos todo o dinheiro gasto em apenas um ano com armamentos em todos os países, e vestíssemos, alimentássemos e educássemos todos os pobres do planeta. O dinheiro de um ano é suficiente para fazer isso pelo menos três vezes!

É uma pena que, com toda essa alegria, toda a música, a arte, tanto sol, o brasileiro viva de imitar tudo que há de pior neste mundo – o “Business”… O próximo presidente do Brasil não será eleito pelo voto seu, nem meu; quem escolhe o presidente do Brasil chama-se “Business”.

DUAS FRASES – “Se o povo permitir que os bancos privados controlem a questão de seu dinheiro, primeiro pela inflação e depois pela deflação, os bancos e corporações que crescerão ao seu redor privarão as pessoas de suas propriedades até que seus filhos acordem sem teto no continente que seus pais conquistaram” – Thomas Jefferson.

É bom que as pessoas da nação não entendam o sistema bancário e monetário, porque, se o fizessem, acredito que haveria uma revolução antes de amanhã de manhã” – Henry Ford.

12 thoughts on “Quem vai escolher o próximo presidente do Brasil chama-se “Business”…

  1. O autor tá certo vamos dormir que é melhor, seja como for o bisné já escolheu mesmo o novo presidente então não tem problema a gente votar no Bolsonaro.
    É impressão minha ou o autor joga na realidade pro Business?

    • Jogar pro Business falando em gastar os recursos de armamento com os pobres e mesmo ultra business!
      Business daqueles que usam gravata, só se for pra se enforcar!

  2. “Armas , Germes e Aço” por Jared Diamong é um excelente livro sobre a história da humanidade.

    O livro “esclarece como e porque as sociedades humanas dos diferentes continentes seguiram caminhos de desenvolvimento diversos nos últimos 13 mil anos e explora as razões da dominação e submissão.”

    Muito melhor e bem pesquisado do que simplesmente afirmar que “É tudo “Business”! E com o “nome de toda a criminalidade, toda tortura do mundo, é na verdade “Business” e os britânicos o praticam como ninguém!”

    E como não poderia deixar de fazer uma mistura imoral, meteu em seguida um componente de que “Não é a toa que os bandidos chamam a margem do lago de Itaipu na fronteira Brasil-Paraguai de “Britânia”. ”

    Quando o leitor fizer um bom negócio, compra ou venda de uma casa com lucro, não esqueça que estará se nivelando à bandidagem paraguaia.

    • 1. Conhece tortura que nao esteja ligada a poder e dinheiro? “Dominação e submissao”INSETOS DO BRASIL?O nome disso e Business

      2. Só se for comprador de casa de traficante.
      Sabendo ler, nota-se que mencionei o que o bandido fala. Todos os traficantes e contrabandistas de fronteira chamam aquele lugar (lago de Itaipu) de Britania.
      Imoral…
      A bandidagem e paraguaia…
      Pagar contas e cumprir com sua obrigação civil no governo Temer, te nivela a que?

    • Segue copia d texto original:
      AndreBR escreveu Maio 11, 2018 at 7:52 pm

      “Realmente, C.N., civilização…
      Civilidade, aqui no Reino Unido tem de sobra, a maioria é educada, o motorista de ônibus nunca pôe o veiculo em marcha ate que os velhinhos estejam sentados e seguros; os bons modos são a lei, ninguém altera o tom de voz, fala-se baixinho em publico, e duas simples palavras – Please e Thanks – abrem todas as portas.
      Por traz desse ‘mundo cor de rosa’ estão milhões de ….. deixa pra lá…. que descansem em paz.
      Que fiquem com a ideia do James Bond, e a velhinha de tudo combinado numa cor só…

      Êta povo esperto, cara! Business! O nome de toda a criminalidade, toda tortura do mundo, é na verdade Business e os britânicos o praticam como ninguém!
      Nao é a toa que os bandidos chamam a margem do lago de Itaipu, na fronteira Brasil-Paraguai, de Britânia…”

      continua em:
      http://tribunadainternet.com.br/sera-que-alguem-ainda-defende-uma-nova-intervencao-militar/#comment-546772

      ……”É uma pena, que com toda essa alegria, toda a musica, a arte, tanto sol, o brasileiro viva de imitar tudo que há de pior neste mundo….

      Business….

      PS: o próximo presidente do Brasil não será eleito pelo voto seu, nem meu; quem escolhe o presidente do Brasil chama-se business.

      PS 2: pra quem acredita na lenda que os policiais ingleses não andam armados….
      007 te aplicou um 171.”

  3. O mundo caminha irremediavelmente rumo ao CAPETALISMO. Hoje, todos os “valores” se incorporaram ao valor monetário. Antes de tudo o dineheiro; o resto a gente compra. Enquanto comprava apenas artigos materiais, o dinheiro era bom; agora que gente virou mercadoria, ele é ótimo!
    Até o acesso a Deus foi privatizado, cuja senha virou monopólio dos santarrões. Se você não tiver grana, jamais será arrebatado. Vai ter de ficar mesmo neste vale de légrimas. Porém, não se preocupe, pois você não será abandonado, contunuará com Deus, mas ao Deus-dará!

    • Parafraseando Howard Beale em seu discurso na TV ( o ‘negócio’):

      “Neste momento há toda uma geração que nunca soube de nada que não tenha saído (do ‘negócio’) da TV.
      Este ‘negócio’ é o evangelho, a revelação final.

      Este ‘negócio’ pode criar ou quebrar presidentes, papas, primeiros ministros. Este ‘negócio’ é a força mais incrível em todo o mundo sem Deus!
      E, ái de nós, se cair nas mãos das pessoas erradas!
      E quando a maior empresa do mundo controla o mais incrível força de propaganda em todo um mundo sem Deus, quem sabe que merda será vendida como verdade neste ‘negócio’?

      Então você me escute. Escute-me. O ‘negócio’ não é a verdade.
      A televisão é um maldito parque de diversões! A televisão, promotora do ‘negócio’, é um circo, um carnaval, uma trupe itinerante de acrobatas, contadores de histórias, dançarinos, cantores, malabaristas, loucos de espetáculos paralelos, domadores de leões e jogadores de futebol. Estamos no negócio de matar o tédio!

      Então, se você quer a verdade, vá para Deus. Vá para seus gurus. Vá para si mesmo, porque esse é o único lugar onde você encontrará alguma verdade real!

      Mas, cara, você nunca vai tirar qualquer verdade de nós. Nós lhe diremos tudo o que você quiser ouvir. Nós mentimos como o inferno! Nós lhe diremos que Kojak sempre pega o assassino e que ninguém nunca fica com câncer (*usando um celular). E não importa com quanto problema esteja o herói , não se preocupe. Basta olhar para o seu relógio. No final do filme ele vai ganhar.
      -(E o Meirelles vai arrumar o negócio!)-

      “Nós lhe contaremos qualquer merda que você queira ouvir. Nós lidamos com ilusões, cara! Nada disso é verdade!
      Mas vocês, pessoas, assistem, dia após dia, noite após noite, todas as idades, cores, credos … Nós !

      E você está começando a acreditar nas ilusões que estamos criando aqui!
      Você está começando a pensar que a TV é realidade e que suas próprias vidas são irreais!

      Você faz o que a TV lhe diz. Você come como a TV; Você cria seus filhos como a TV; Você até pensa como a TV, como o negócio!. Isso é loucura em massa! Seus maníacos!Em nome de Deus, vocês são a coisa real! Nós somos a ilusão!

      • E o Businnes fala:

        “Você é um homem velho que pensa em termos de nações e povos. Não há nações. Não há povos. Não há russos. Não há árabes. Não há terceiro mundo. Não há oeste.
        Existe apenas um sistema holístico de sistemas, um domínio vasto, entrelaçado, interativo, multivariado e multinacional de dólares. Petro-dólares, eletro-dólares, vários dólares, (*euros), rublos, libras e shekels.
        É o sistema internacional de moeda que determina a totalidade da vida neste planeta. Essa é a ordem natural das coisas hoje. Essa é a estrutura atômica e subatômica e galáctica das coisas hoje! E você se intrometer com as forças primordiais da natureza e VOCÊ VIRÁ Á TONA!

        Você se levanta frente a sua TV e uiva sobre toda a sua democracia. Não há democracia. Só existe a IBM e a ITT e a AT & T e a DuPont, a Dow, a Union Carbide e a Exxon. Essas são as nações do mundo hoje.

        O que você acha que os russos falam sobre o que, em seus conselhos de estado – Karl Marx? Eles obtêm seus gráficos de programação linear, teorias de decisão estatística, soluções minimax e calculam as probabilidades de custo-beneficio de suas transações e investimentos, assim como fazemos.

        Nós não vivemos mais em um mundo de nações e ideologias. O mundo é um colégio de corporações, inexoravelmente determinado pelos estatutos imutáveis ​dos negócios. O mundo é um negócio, BUSINESS!
        Assim tem sido desde que o homem se arrastou para fora do lodo. E nossos filhos viverão, para ver aquele mundo perfeito onde não há guerra ou fome, opressão ou brutalidade – uma vasta e ecumênica companhia controladora, pela qual todos os homens trabalharão para obter um lucro comum, no qual todos os homens terão uma parte do estoque, todas as necessidades fornecidas, todas as ansiedades tranquilizadas, todo o tédio divertido.”

  4. Falta agora o Business decidir, pelas armas ou pelos pobres, pelo nosso próximo Presidente, e pelas novas atrações que chamarão as nossas atenções…
    Fique ligado!
    Plim Plim!¬

    PS: o businessman que criou esta “windows” que miras neste exato momento, adora falar em virus e vacinas…
    Um filantropo…. primeiramente um Businessman…. o homem mais rico do mundo, parte da agenda de eliminar 6 bilhões de humanos para que possam dar continuidade ao seus negócios de caca a raposa, nas florestas de aguas límpidas, em paz….
    Nem que para isso tenham que envenenar todo o planeta de urânio….
    Já os pobres, são vistos como adubo, reserva de petróleo…

    ———

    Esta, acima, é uma visão completamente ultrapassada do Mundo.
    Mas, infelizmente “impera”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *