Sem Lula, 13% votam em Haddad, 14% poderiam votar, mas 60% não votam nele

Resultado de imagem para haddad charges

Haddad diz que ainda não é candidato e vai avançar

Deu no G1

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) para a corrida presidencial fez a seguinte pergunta aos entrevistados: “Caso o candidato pelo PT, Lula, seja impedido de disputar a eleição para presidente da República e declare seu apoio a Fernando Haddad, o(a) sr(a) com certeza votaria em Fernando Haddad, poderia votar nele ou não votaria em Fernando Haddad de jeito nenhum?”

Eis o resultado: Com certeza votaria em Fernando Haddad: 13%; Poderia votar nele: 14%; Não votaria em Fernando Haddad de jeito nenhum: 60%; Não o conhece o suficiente para opinar (esp.): 7%; Não sabe/ Não respondeu: 5%. De acordo com o instituto, os percentuais variam de acordo com alguns parâmetros, como escolaridade, renda familiar e região.

ESCOLARIDADE – Com certeza votariam em Fernando Haddad, até a 4ª série do fundamental: 18%; 5ª a 8ª série do fundamental: 15%; ensino médio: 13%; superior: 9%

Poderiam votar nele até a 4ª série do fundamental: 15%; 5ª a 8ª série do fundamental: 13%; ensino médio: 14%; superior: 13%

Não votaria em Fernando Haddad de jeito nenhum até a 4ª série do fundamental: 51%; 5ª a 8ª série do fundamental: 58%; ensino médio: 60%; superior: 71%

Não o conhece o suficiente para opinar até a 4ª série do fundamental: 8%; 5ª a 8ª série do fundamental: 8%; ensino médio: 8%; superior: 4%; Não sabe/ Não respondeu até a 4ª série do fundamental: 9%; 5ª a 8ª série do fundamental: 5%; ensino médio: 5%; superior: 4%

RENDA FAMILIAR (em salários mínimos) – Com certeza votariam em Fernando Haddad mais de 5 salários: 8%; mais de 2 a 5 salários: 11%; mais de 1 a 2 salários: 15%; até 1 salário: 17%.

Poderiam votar nele mais de 5 salários: 9%; mais de 2 a 5 salários: 13%; mais de 1 a 2 salários: 16%; até 1 salário: 15%.

Não votaria em Fernando Haddad de jeito nenhum mais de 5 salários: 79%; mais de 2 a 5 salários: 61%; mais de 1 a 2 salários: 58%; até 1 salário: 53%.

Não o conhece o suficiente para opinar mais de 5 salários: 2%; mais de 2 a 5 salários: 8%; mais de 1 a 2 salários: 7%; até 1 salário: 10%.

Não sabe/ Não respondeu mais de 5 salários: 1%; mais de 2 a 5 salários: 6%; mais de 1 a 2 salários: 5%; até 1 salário: 5%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

29 thoughts on “Sem Lula, 13% votam em Haddad, 14% poderiam votar, mas 60% não votam nele

  1. QUEM TEM MEDO DE CIRO GOMES? Eu vi a geral do Ibope, por estado, Ciro está crescendo em todas as regiões do país. É algo consistente, creiam, o pedetista vai pras cabeças e adiante poderá figurar num fictício “empate técnico” com outros dois ou três concorrentes (ambiente propício à fraude eletrônica). Na simulação do Ibope (sem Lula) Ciro explode no Ceará com 39% seguido de Bolsonaro 14%, Marina 11%, Alckmin 5% e Haddad 2%. Na média dos estados pesquisados, no Nordeste, dá Ciro com 24,39%, Bolsonaro 13,74%, Marina 12,29%, Alckmin 5,71% e Haddad 2,12%. Isto me basta para supor que o ex-presidente ainda pode ser mantido no páreo mediante liminar concedida pelo sistema, jogando a confusão para o segundo turno. Com o Lula no páreo a definição segue sub judice, após haver inviabilizado a unidade das esquerdas em favor de um candidato livre dessas tramóias judiciais, aparentando que se entregou para interferir nefastamente da prisão no processo sucessório (tragado pelo sistema). ‘Esta eleição brasileira abriga mais radicalismos que as anteriores e isso é algo a se considerar. Ela pode se tornar um desafio enorme para os institutos de pesquisa, pois em eleições muito apertadas o voto envergonhado pode fazer a diferença’. http://www.tribunadainternet.com.br/vai-ser-a-eleicao-do-celular-contra-a-televisao-diz-analista-eleitoral-do-ideabigdata/#comment-575465

  2. Deixem o poste do molusco assumir seu posto. Será melhor para o Brasil que irá varrer para o lixo estes comunistas que saquearam de tudo no Estado, continuem assim, com os postes que acham necessário e capazes.
    Bolsonaro ganha no primeiro turno. As agências de viagens já estão aceitas reservas para Cuba, Angola, Coréia do Norte e outros destinos preferidos pelos bolivarianos. E a propósito, o Maduro está quase caindo de podre.

  3. IXE !!!!

    BRASÍLIA (Reuters) – O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou para a inclusão na pauta da 1ª Turma da corte o julgamento sobre se torna réu o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, por racismo e manifestação discriminatória contra quilombolas, indígenas e refugiados.

    A denúncia criminal contra Bolsonaro –líder nas pesquisas de intenção de voto em cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva– foi oferecida pela Procuradoria-Geral da República em abril e se refere a uma palestra que o candidato deu no Clube Hebraica do Rio de Janeiro ano passado.

    Na ocasião, na avaliação da PGR, Bolsonaro fez um discurso de incitação ao ódio e preconceito direcionado a diversos grupos, como culpar indígenas pela não construção de hidrelétricas em Roraima.

    A decisão de Marco Aurélio de levar o caso para a turma significa que, do ponto de vista da instrução, a denúncia está pronta para ser julgada. Cabe ao presidente do colegiado e responsável por fazer a pauta, ministro Alexandre de Moraes, incluir o caso para julgamento da turma. A pauta da 1ª Turma de setembro, entretanto, ainda não foi divulgada.

    • Você faz muitas referências de admiração por ele:

      “Todos os eleitores do Lula votam em quem ele mandar, simples assim.
      O Lula vai voltar kkkk”

      Se me enganei peço desculpas.
      Eu tenho horror a ele.
      Aliás ele e o boçal,para mim,são insuportáveis.
      Ia gostar muito vê-los se afogar juntos!!!

      • Eu não vou votar nele , acho um picareta , só que não o acho burro, ele sabe jogar muito bem e essa estratégia política dele está para lá de bem pensada , só isso..
        Ele também sabe que para o Alckmin chegar a algum lugar terá de bombardear forte o Bolsonaro já que a situação do Alckmin no Sul e Sudeste não está boa e no nordeste ele não existe , tanto que já desistiu da região.
        Como disse acima , ele pode ser chamado de tudo , menos de burro. Um fdp que sabe o que faz e por isso vai dar trabalho…..

      • Bom dia Darcy, eu também tenho horror,mais do que isso, até pesadelos, os dois são repugnantes.
        Vou tomar cuidado para não ser mal interpretada,vc é um dos meus queridinhos da internet,não briga comigo,abs.

  4. Estou vendo que o site está fazendo uma grande confusão e prestando serviço de desinformação para o leitor. Haddad capitaliza 13% dos votos dados a Lula – 13% de 37% dá 4,81%. 60% dos eleitores de Lula não votam no Haddad, isto dá 22,20% de lulistas que não aceitam o Haddad. Fiquem atentos.

  5. Se é para quebrar definitivamente o Brasil, votem na esquerda. A cada notícia, mesmo que fake, que favorece o PT, o dólar vai subindo. A fuga de capital e de investidores no Brasil vai ser colossal e a quebradeira muito grande. Estaremos a um passo da Venezuela.Isso não é amar um país e o seu povo, mas ter odio.

  6. TÁTICA PETUCANA: Há um acordão entre FHC e Lula, pelo qual Haddad seria substituto do petista na corrida presidencial (como de fato está escalado) e Josué Alencar entraria na vice de Alckmin (só que este pulou fora quando veio à público as ingerências lulistas via Valdemar Costa Neto). Queiram ou não reconhecer, Ciro se contrapõe a esta disputa de aparências delineada pelos mestres da USP. https://istoe.com.br/temer-e-bola-de-ferro-no-pe-de-alckmin-diz-haddad/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *